Voratte | Cursos de Compras online

A evolução do papel do diretor de compras

Afunção do diretor de compras está mudando. De acordo com o LinkedIn Economic Graph Research , o CPO ocupa a 11ª posição na lista dos títulos de executivos de crescimento mais rápido de 2020, com crescimento de 15% (como proporção do total de contratações de executivos no ano passado).

A necessidade de mais CPOs – e de pensamento mais crítico – está se acelerando, disse Pettis Kent, professor assistente de gerenciamento da cadeia de suprimentos da Loyola University Chicago Quinlan School of Business.

Isso é especialmente verdadeiro para “empresas multinacionais, onde precisam de alguém para ficar na interseção entre o que precisamos internamente e o que está disponível externamente”, disse ele. “O CPO é o homem ou mulher que gerencia toda a organização.”

Mais estratégia, colaboração e talvez diversidade e inclusão estão à frente para esse papel em expansão e cada vez mais importante.

A tecnologia permite que os CPOs sejam mais estratégicos

Tradicionalmente, os CPOs tinham um trabalho e apenas um: reduzir os custos. Eles tiveram muito sucesso nisso, disse Alex Zhong, líder da cadeia de suprimentos da IBM Sterling, e isso pode ser visto especialmente no custo mais baixo dos bens de consumo.

Mas os CPOs com visão de futuro já ultrapassaram os resultados financeiros e “viram que focar apenas nos custos definitivamente não é suficiente. Eles precisam se posicionar ainda mais em uma posição estratégica para realmente apoiar o crescimento dos negócios de uma perspectiva de receita”, disse ele .

CPO é um dos títulos C-suite de crescimento mais rápido

Crescimento percentual como proporção do total de contratações de executivos em 2020

Os avanços da tecnologia ajudaram a fazer isso acontecer. Em vez de o CPO ser uma função principalmente técnica, a inteligência artificial e o aprendizado de máquina automatizaram muitos processos rotineiros de aquisição, como vetar fornecedores e negociar preços.

Isso permitiu que o trabalho do CPO se tornasse mais uma “função qualitativa ou de comunicação ou de liderança”, disse Abe Eshkenazi, CEO da Association for Supply Chain Management.

Ele libera o CPO para fazer o planejamento do cenário de risco, reduzir o ciclo de vida total e os custos de propriedade e incentivar a inovação em aquisições e muito mais.

Trabalhando com a cadeia de suprimentos

Os CPOs nem sempre estiveram no nível C-suite, disse Kent. “O CPO provavelmente era a pessoa fora da sala e agora eles têm um assento à mesa.”

Para empresas que buscam construir mais resiliência em sua cadeia de suprimentos, a função do CPO não pode ser tão isolada. “Quando você dá uma olhada nos últimos cinco a 10 anos, a cadeia de suprimentos assumiu um papel muito maior e abrangeu a aquisição como uma função-chave dentro da organização, ao invés de residir fora das funções da cadeia de suprimentos”, disse Zhong.

A pandemia COVID-19 pressionou ainda mais essa necessidade, pois as cadeias de suprimentos em todo o mundo foram interrompidas. As empresas que resistiram à tempestade eram mais propensas a ter profissionais da cadeia de suprimentos e aquisições trabalhando juntos, disse Zhong.

A visibilidade na cadeia de suprimentos também ajudou as aquisições a encontrarem o que era necessário, e mais rapidamente do que se a cadeia de suprimentos e as aquisições não estivessem acostumadas a trabalhar juntas.

“Eles precisam falar uns com os outros. Em algumas das melhores empresas, eles estão realmente sentados sob o mesmo teto”, disse Zhong.

Treinamento da próxima geração de profissionais de compras

Por mais que os CPOs voltados para a liderança sejam tão procurados agora e serão no futuro, não há pessoas suficientes para preencher essas funções.

Isso está mudando, disse Eshkenazi. “Historicamente, não tínhamos uma base acadêmica grande ou significativa na cadeia de suprimentos”, disse ele.

Em meados da década de 1990, os Estados Unidos tinham apenas um punhado de programas e o treinamento em aquisições era normalmente um empreendimento no local de trabalho. Agora, existem “mais de 500 programas com diplomas de cadeia de suprimentos. Isso mostra e reflete a tremenda necessidade de profissionais da cadeia de suprimentos”, o que inclui compras, disse ele.

“O CPO provavelmente era a pessoa fora da sala e agora eles têm um assento à mesa.” Pettis Kent – Professor assistente de gerenciamento da cadeia de suprimentos na Loyola University Chicago Quinlan School of Business

Kent ensina especificamente sobre assuntos como sourcing estratégico e “conceitos importantes que realmente são decididos no nível C-suite. Estamos tentando ajudar nossos alunos a compreender o valor do lado estratégico do sourcing.”

Este treinamento não precisa ser apenas dentro da academia. O ASCM lançará um programa de Certificado de Aquisições da Cadeia de Abastecimento em março.

Os salários também são competitivos, o que continuará a atrair talentos para o campo, trazendo profissionais que se tornarão esses CPOs mais estratégicos.

Em seu Relatório de Pesquisa de Carreira e Salários da Cadeia de Suprimentos de 2020 , o ASCM descobriu que o salário médio para profissionais da cadeia de suprimentos com diploma de bacharel era $ 78.507. Isso é 24% mais alto do que o salário médio nacional dos bacharéis. O ASCM também descobriu que os profissionais da cadeia de suprimentos com graus de associado tinham um salário médio anual de $ 62.000, maior do que a média nacional de $ 46.124 .

Além disso, a pesquisa constatou que esses profissionais receberam um aumento salarial médio anual de 4,7%, em comparação com a média nacional de 3,5% (embora a pesquisa da ASCM fosse sobre cadeia de suprimentos, inclui “especialista em compras” como um título comum).

Profissionais da cadeia de suprimentos e aquisições ganham mais do que a média nacional

Salários anuais medianos em dólares americanos

Embora a indústria ainda precise resolver as disparidades salariais entre homens e mulheres, a pesquisa descobriu que mulheres com menos de 30 anos recebem o mesmo que seus colegas homens, e mulheres de 30 a 39 anos relataram salários de 93% do que ganham os homens na mesma faixa etária. Nacionalmente, a diferença salarial por gênero é de 81% , de acordo com o Payscale.

“Precisamos nos concentrar na diversidade e inclusão. Precisamos de mais mulheres e mais pessoas de cor para que a cadeia de suprimentos reflita melhor nosso consumidor [base] e toda a população”, disse Eshkenazi.

Melhor paridade de pagamento e mais oportunidades para dados demográficos sub-representados não são apenas melhores para compras e cadeia de suprimentos agora, mas também significam que os CPOs do futuro refletirão melhor as diversas bases de consumidores e toda a população.

Via https://www.supplychaindive.com/ – por Jen A. Miller

Power BI para Compradores

Como calcular seus Savings

GESTÃO DE CONTRATOS

GESTÃO TRIBUTÁRIA PARA NEGOCIAÇÕES EM COMPRAS

GESTÃO DE SUPRIMENTOS

GESTÃO DE FORNECEDORES - SRM

GESTÃO DE COMPRAS

STRATEGIC SOURCING PRO

TÉCNICAS DA NEGOCIAÇÃO ESTRATÉGICA

ELEMENTOS DO CUSTO

STRATEGIC SOURCING Online

Artigos do Blog

Na Vorätte só pensamos em Compras

Contato

Cursos on-line ao vivo e para as empresas Curso In Company para sua equipe de compras.